Candidaturas Abertas

SISTEMA DE APOIO A AÇÕES COLETIVAS - "INTERNACIONALIZAÇÃO"

Data de Início
2015/03/28
Data de Fim
2015/05/31
Tipologias de operações e modalidade de candidatura
  • São suscetíveis de apoio os projetos, individuais ou em copromoção, no âmbito da internacionalização, e desde que visem o reforço da capacitação das atividades económicas em matéria de definição de estratégias de internacionalização e abordagens de mercado visando o reforço da respetiva capacidade competitiva e progressão na cadeia de valor, bem como o reforço da visibilidade internacional da oferta e a atenuação da diferença entre a qualidade intrínseca dos bens e serviços e a qualidade percebida pelos mercados, nas seguintes tipologias:
  • Prospeção, conhecimento e acesso a novos mercados;
  • Processos colaborativos de internacionalização, da partilha de conhecimento e capacitação para a internacionalização;
  • Promoção internacional dos destinos turísticos e outros produtos, equipamentos e recursos associados às regiões, incluindo os centros de alto rendimento.
Beneficiários
  • Associações empresariais;
  • Entidades não empresariais do sistema de I&I, incluindo as instituições de ensino superior, as entidades de acolhimento e valorização de atividades de ciência e tecnologia;
  • Agências e entidades públicas, incluindo de natureza associativa, com competências nos domínios do desenvolvimento empresarial e do turismo;
  • Entidades privadas sem fins lucrativos, que prossigam objetivos de interesse público, e que tenham estabelecido com as entidades da alínea anterior parcerias para a prossecução de políticas públicas de caráter empresarial;
  • Outras entidades sem fins lucrativos quando participem em projetos em copromoção com uma das entidades referidas nas alíneas anteriores, desde que justificado face à natureza do projeto;
  • Associações de municípios, apenas no âmbito da realização de estudos com vista à qualificação e valorização de bens e serviços de base local.
Área geográfica de aplicação
  • NUTS II Alentejo.
Despesas elegíveis
  • Criação, registo e lançamento de marcas próprias de natureza coletiva;
  • Estudos, pesquisas e diagnósticos diretamente relacionados com o desenvolvimento do projeto;
  • Serviços de terceiros, incluindo assistência técnica, científica e consultoria em áreas de conhecimento que ultrapassem a competência dos beneficiários;
  • Promoção e divulgação das atividades e resultados do projeto, incluindo despesas com o desenvolvimento criativo, com a produção ou aquisição de média, matérias, gráficos de promoção e informação e materiais audiovisuais e multimédia;
  • Aluguer de espaços e equipamentos para ações de promoção e divulgação das atividades e resultados do projeto, incluindo suporte logístico;
  • Implementação de ações de sensibilização, informação e demonstração;
  • Promoção de concursos e respetivos prémios;
  • Aquisição de conteúdos e informação especializada;
  • Deslocações e estadas;
  • Aquisição de equipamento informático e respetivo software;
  • Desenvolvimento de plataformas através de novas tecnologias;
  • Intervenção dos Técnicos Oficiais de Contas ou dos Revisores Oficiais de Contas;
  • Custos indiretos.
  • Os recursos humanos com competências específicas para o desenvolvimento das atividades centrais do projeto, bem como das atividades de gestão e acompanhamento e que comprovem vínculo laboral com o beneficiário;
  • Os recursos humanos a contratar para afetação ao projeto a tempo completo ou parcial, com nível de qualificação igual ou superior a 6.
  • Criação, registo e lançamento internacional de marcas próprias de natureza coletiva;
  • Campanhas de imagem e promoção internacional da oferta portuguesa, incluindo despesas com o desenvolvimento criativo, com a produção ou aquisição de média, materiais gráficos de promoção e informação e matérias audiovisuais de multimédia; 
  • Aluguer de espaços e equipamentos para ações de promoção internacional da oferta portuguesa, incluindo suporte logístico; 
  • Montagem, desmontagem, construção e decoração de espaços promocionais;
  • Transporte de mostruários e material informativo e promocional.
As despesas com pessoal estão limitadas a 15% do investimento elegível do projeto.
A candidatura não contempla uma componente específicade formação profissional.
 
Critérios de seleção das candidaturas
  • A seleção dos projetos é baseada no indicador de Mérito do Projeto (MP), determinado pela seguinte fórmula: MP = 0,4 x A + 0,6 x B
    • A = Qualidade do projeto;
    • B = Impacto na economia
  • As pontuações dos critérios são atribuídas numa escala compreendida entre 1 e 5, sendo o resultado do MP arredondado à centésima.
  • Para efeitos de seleção, consideram-se elegíveis e objeto de hierarquização os projetos que obtenham uma pontuação final de MP igual ou superior a 3,00 e as seguintes pontuações mínimas nos critérios:
Critério A – 3,00 pontos;
Critério B – 3,00 pontos.
Taxas de financiamento das despesas elegíveis
  • A taxa máxima de financiamento das despesas elegíveis é de 80% para projetos individuais e de 85% para projetos em copromoção.
Forma e Limites dos Apoios
  • Subvenção não reembolsável.
A Forum Projecto é uma empresa integradora de serviços de consultoria nos domínios estratégico, financeiro, de gestão e de apoio ao investimento.

Projetos de Investimento, Plano de Recuperação de Empresas, Elaboração do Plano de Negócios da Empresa, Estudos Económico-Financeiros.
Subscreva a nossa Newsletter!
Contacte-nos
Av. Dr. Lourenço Peixinho
Edifício 15, 6º D
3800-164 Aveiro

Tel.: 234 249 103 /4/5/6
geral@forumprojecto.com

Azulzen

Copyright 2015 | All Rights Reserved